Brechó online: saiba onde comprar e vender suas roupas


Deborah Cattani
Deborah Cattani

Comprar e vender roupas usadas é o canal para quem é fã de moda sustentável. Hoje em dia, com a disseminação do brechó online, fica ainda mais fácil fazer isso. Você pode ganhar um dinheirinho extra e de quebra ajudar a natureza, evitando colocar novas peças em circulação ou jogar peças em bom estado fora.

comprar roupa em brechó online

Se você nunca fez isso antes, não se preocupe, pois é muito mais simples do que parece. Atualmente existem milhares de brechós online, dos mais variados tipos. Há ainda comunidades em redes sociais, como o Facebook, onde você pode enviar fotos das suas roupas usadas para vender.

E se você é uma experiente compradora de roupa vintage, vai amar a lista de sites que fizemos abaixo. Separamos os melhores espaços de venda de roupas usadas para dar aquela repaginada no look sem gastar muito.

Sites de compras! Veja os 10 melhores para ir ao shopping sem sair de casa

3 Melhores brechós online para comprar peças

Comprar roupas em brechós é só vantagens. Você encontra peças únicas e exclusivas, que vem com uma história, mas que ainda podem fazer parte da sua vida. Isso se chama consumo consciente, também conhecido como slowfashion.

View this post on Instagram A post shared by TROC (@trocreal) on Jul 18, 2019 at 6:06pm PDT
Via @trocreal

Não é raro que você compre uma peça, use algumas vezes e enjoe dela. Ela não precisa ter um fim, você pode vendê-la, doá-la ou guardá-la para usar em outro momento. Por outro lado, há quem não abra mão de procurar as suas roupas em espaços como brechós. Nesses locais, você encontra peças que não encontraria em uma loja tradicional. Quem opta por incluir o brechó na lista de comprar acaba por ter muito mais estilo. Afinal, a moda vai e vem e volta e meia algo esquecido retorna com tudo!

1. Enjoei

Sem dúvida o site de compra e venda de roupas usadas mais famoso do Brasil. O Enjoei é uma plataforma que lembra muito o Mercado Livre. Você entra, se cadastra e pode vender e comprar roupas, acessórios e calçados. Muitas dessas peças estão divididas por categorias e marcas, o que facilita bastante a sua busca.

Se você, como eu, já passou dos 30 anos, lembra bem da história do Enjoei. A iniciativa foi uma tentativa da Ana Luiza McLaren e do Tiê de Lima de destralhar o guarda-roupa. Elas criaram um blog e começaram a anunciar roupas em 2009.

A ideia foi tão bem-sucedida que hoje a Enjoei é uma empresa com mais 7,5 milhões de usuários cadastrados.

View this post on Instagram A post shared by enjoei (@enjoei) on Aug 15, 2019 at 9:45am PDT
Via @enjoei

Roupas anos 80: recrie esse estilo de maneira moderna e atual

2. Repassa

Particularmente, eu gosto muito deste projeto e me identifico com ele. O Repassa tem uma preocupação de cunho ambiental bem grande, porém sem colocar a questão social de lado. Além de plataforma de compra e venda de roupas usadas, o Repassa também faz curadoria para doação de peças para pessoas carentes.

O sistema é um pouco diferente do Enjoei. Funciona assim: você para R$ 14,99 e recebe uma sacola. Enche a "Sacola do Bem" com as roupas que não quer mais e envia para o Repassa.

É a equipe do site que decide o que pode ser doado e o que tem potencial para ser vendido. Eles separam as roupas, fotografam e colocam no cadastro. O cliente recebe então 60% do valor das vendas de suas roupas e pode ainda direcionar o montante para ONGs parceiras.

Atualmente, o site tem 108 mil usuários cadastrados e mais de 12 mil peças à venda. Nos últimos 12 meses, a empresa conseguiu doar R$ 173,2 mil para ONGs e devolver R$ 1.930,4 mil para quem comprou a "Sacola do Bem".

View this post on Instagram A post shared by Repassa (@repassabr) on Aug 13, 2019 at 5:15am PDT
Via @repassabr

3. Troc

Sob o slogan de "o maior e mais cool brechó online do Brasil", o Troc é especializado em compra e venda de roupas e acessórios de marca. Todos os produtos à venda passam por uma curadoria para determinar autenticidade das peças.

A ideia partiu da empresária curitibana Luanna Toniolo Domakoski. Com uma grana extra sobrando, ela investiu em 2016 na criação do Troc. Hoje, ela está por trás do maior site de roupas usadas do país, recebendo mais de quatro mil peças por mês.

O site segue uma lógica parecida do Enjoei. Também é possível abrir uma conta pare revender suas roupas. Todavia o brechó online conta com um super padrão e controle de qualidade. A ideia é fazer com que as roupas do site não tenham vestígios de uso. Quer saber mais sobre a marca? Se liga no vídeo abaixo!

Como vender roupas online?

Se você tem interesse em vender as suas roupas usadas, pode cadastrá-las em alguns dos sites acima. Entretanto, é preciso ainda que você siga alguns passos. Primeiro, verifique se a sua roupa está mesmo em bom estado, se não precisa de consertos ou de ser passada a ferro.

Lave a peça, se necessário, passe ela com o ferro e coloque-a em um cabide. Na venda online, o mais importante são as fotos. As fotografias das suas roupas devem estar nítidas e devem mostrá-las em diferentes posições. De preferência, tire as fotos vestindo as roupas, assim a pessoa que deseja comprar pode ver como as peças ficam no corpo. Também é bom para ter uma melhor noção do tamanho e da proporção.

Se as peças precisarem de reparos, como colocação de botões, pequenas costuras ou algum remendo, faça isso antes de tirar fotos ou expor a roupa online. Ninguém gosta de ver a roupa em mau estado. Quanto mais bem apresentável a peça estiver, mais chance ela tem de ser vendida logo.

Na hora de enviar a peça, tenha cuidado em embalá-la. Dobre as roupas da melhor forma possível, coloque-as em embalagens apropriadas e então despache por correio ou o método escolhido. Alguns sites de vendas de roupas usadas e brechós online oferecem o serviço de transporte das mercadorias.

como vender roupas online

Outras formas de comprar e vender roupas usadas

Além dos sites de brechó online, você pode também trocar roupas usadas com as suas amigas em grupos de Whatsapp ou de Facebook. Para isso, crie um grupo fechado na rede social da sua preferência, adicione nele suas amigas e comece a enviar as imagens das peças que deseja doar.

Esse tipo de atitude ajuda a reciclar muitas roupas e faz circular peças que estavam em desuso novamente. Recapitulando então, para se livrar das roupas que você não quer mais, você pode:

  • Vender roupas em grupos de Facebook, no OLX e no Mercado Livre, priorizando a localização.
  • Trocar roupas com amigas suas que vestem tamanhos parecidos.
  • Trocar roupas com outras pessoas através de encontros locais planejados para isso.
  • Vender em sites de brechós online especializados.
  • Doar para pessoas necessitadas e instituições de caridade.

Veja também:

Como se vestir bem: 6 dicas básicas de moda e estilo

Moda anos 60: como adotar o estilo vintage no dia a dia

Looks com calça jeans: 100 estilos para você se inspirar

Deborah Cattani
Deborah Cattani
Jornalista, marqueteira, tradutora e cat lover profissional. Já trabalhou com a Folha de São Paulo, com o Jornal de Comércio e em diversos sites de conteúdos variados. Escrever é tão vital quanto respirar.